domingo, 18 de janeiro de 2009

Eu nasci para a beleza, para a amizade, para a alegria, para a poesia...

No final do ano passado, conversando no msn com a minha irmã e falando sobre o que eu pretendia da vida, afinal de contas, soltei a seguinte frase:

"Eu nasci para a beleza, para a amizade, para a alegria, para a poesia."

Sim, essa sou eu com todas as letras. Amo o belo, a arte, a música, as flores. Preservo meus amigos como plantas do meu jardim e os amo incondicionalmente. Sou alegre, animada, positiva. E semprei amei a poesia, seja ela escrita ou subliminar nos detalhes do dia a dia.

Pois bem, como falei antes, estive lendo Comer, Rezar, Amar. E dá só uma olhada nesse trecho.

“Ketut prosseguiu explicando que os balineses acreditam que cada um de nós, quando nasce, vem acompanhado de 4 irmãos invisíveis, que vêm ao mundo conosco e que nos protegem durante a vida.
Quando a criança está no útero, seus 4 irmãos estão lá com ela também- representados pela placenta, líquido amniótico, cordão umbilical e pela substância amarela e sebenta que protege o bebê. Quando o bebê nasce, os pais recolhem o máximo possível dessas substâncias externas relacionadas ao nascimento, depositam-nas dentro de um coco vazio e enterram-nas junto à porta da frente da casa da família. Esse coco é o local sagrado de descanso dos 4 irmãos que não nasceram, e esse lugar é um santuário.
Os irmãos encarnam as 4 virtudes que uma pessoa necessita para ter segurança e felicidade na vida: inteligência, amizade, força e poesia. Os irmãos podem ser chamados em qualquer situação crítica para resgatar e ajudar.
Quando vc morre, seus 4 irmãos espirituais recolhem sua alma e levam vc para o céu”.


Ketut era um xamã que a Elisabeth visitava em Bali. Além disso, os balineses são apaixonados pela beleza. Não é o máximo? Bali se tornou um dos meus lugares-de-desejo.

Um comentário:

ladyrasta disse...

Vim dar uma olhada no seu blog, comecei a fuçar os posts e não é que descobri que, por motivos diferentes, citamos exatamente o mesmo trecho do livro? Dá uma olhada quando tiver um tempinho! http://ladyrasta.wordpress.com/2008/04/25/penseira-e-bonequinhas-da-guatemala/
Adorei o seu blog viu?
beijos